Google Adwords - Blueberry

Google Adwords - Blueberry
Gerenciamos sua conta Adwords

19.8.07

Visite isto!

Site legal: www.sexocristao.com

30.7.07

Acidente da Tam, Governo Brasileiro e Deus!

Eu acredito que estamos vivendo tempos de mudanças. Tempos de cumprimentos de muitas profecias. Por exemplo, há muito se diz que Deus derramará da sua glória sobre o Brasil, que o Brasil será um país de avivamento. Mas antes virá o deserto. Antes haverá uma limpeza espiritual. Haverá uma limpeza no Governo.

Estamos vivendo tempos difíceis. Tempos sombrios na igreja, no trabalho, nas escolas e principalmente somos vítimas de um governo assassino, que deixa morrer milhões de fome, milhões nos leitos de hospitais. Um governo que pune um roubo de litro de leite, mas que aplaude os roubos de luxo de deputados, senadores, ministros, prefeitos, assessores, vereadores, e outros ladrõezinhos que terão que se ver com Deus em breve. Ah, não vamos esquecer do caos aéreo e dos assassinatos em massa (não me venha dizer que o acidente da Gol não foi culpa do governo! Será que dá para voar num lugar chamado "buraco negro?).

Estamos vivendo tempos proféticos sim. Que culminará com a limpeza de muitas igrejas. Pastores cairão, líderes serão colocados em tratamento por Deus. Cristãos que antes viviam em mornidão terão que decidir "ou fica ou pula fora", porque parece que Deus não está mais engolindo enrolação nas igrejas. E também no governo. Por isso acredito que tudo o que está acontecendo é obra de Deus. Deus está no controle.

Eu acredito que teremos um Brasil espiritualmente sadio e também livre da corrupção demoníaca que se instalou na liderança da Nação. Temos que orar por isso. Espero que minha fé não seja em vão!

22.6.07

A história do "Aclame ao Senhor"

O interessante foi ouvir dela que não há nenhum fato sobrenatural que a levasse a compor esta canção.

"Simplesmente senti que naquele dia fluiria uma canção que tocaria as nações." Darlene até hoje fica surpresa e se diz embaraçada com o resultado desta canção. " É uma canção simples e natural, diz ela com uma humildade que é natural a pessoas cheias do Espírito que hoje sem dúvida é uma das mais elogiadas worship leader do mundo. Ela não quer qualquer glória porque sabe que não é sua.

É a pureza de seu coração e seu amor profundo por Deus que a criou até se tornar a líder aclamada que é hoje. "A melodia é simples e a letra é toda tirada da bíblia," Explica: " Veio de um tempo de reflexão diante de Deus." Embora tivesse experiência com composição desde os 15 anos, ela nunca se considerou uma compositora, mas recorda, sempre recebia uma inspiração.
"Era um daqueles dias escuros em minha vida," relembra. "Me sentia pressionada, tudo estava sobre mim, parecia estar tudo fora do centro da vontade de Deus e eu abri o livro de Salmos numa busca desesperada pela sua paz, sentei-me ao velho piano, toquei as teclas de forma avulsa, sem formar acordes, e assim Aclame ao Senhor fluiu de meu coração. Ela sorri quando descreve a cena. "O piano era um presente de meus pais quando eu tinha cinco anos somente. Era velho e eu estou certa que estava até um pouco desafinado. Eu não estava pensando na canção de forma consciente," diz, "mas eu cantei isto e cantei isto, inúmeras vezes, e esta canção me levantou, me ergueu." Esta foi a forma como esta canção nasceu, nas profundidades de um desespero e me levou para as alturas de fé. Passaram os dias e a canção não abandonou, não a deixou e ela começou a perceber que poderia ser sua canção de adoração, seu hino de vitória.
Terrivelmente tímida e sentindo-se um pouco envergonhada, ela comentou com Geoff Bullock (então Pastor de Música em Hills CLC, Igreja onde é pastora) e Russell Fragar que ela havia composto uma canção. "Minhas mãos ficaram suadas e eu tocava com dificuldade, estava tão nervosa," diz. "Eu continuei tocando e parando, pedindo desculpa a eles por estarem presenciando tal situação, acabei pedindo para que eles ficassem de costas para mim, voltados para a parede enquanto tocava a canção. Depois quando viraram para mim disseram: É magnífica! Linda demais! Darlene estava segura que não era apenas cortesia da parte deles.
Quando Pastor Brian Houston( Pastor Presidente da Hill CLC - Temos link para esta igreja em nossa página de links) ouviu a canção pela primeira vez, ele predisse que seria cantado em torno do mundo. O resto é história...


De início nem registramos a canção e comecei a receber letras com traduções das pessoas no mundo inteiro que cantavam a canção em suas igrejas, diz Darlene. "Na Nigéria um menino de sete anos de idade me agradeceu por ter escrito esta música."

"Aclame ao Senhor foi escrito no tempo em que eu era uma menininha para Deus, a menininha que correu para o pai no momento do desespero".

Quando você canta esta canção você tem a oportunidade de sentir o que Darlene sentiu no dia em que o Senhor lhe deu esta canção. Darlene agarra sua Bíblia e volta ao Salmo 96. Você pode ver sua paixão pela palavra brilhando nos olhos quando ela descreve o que isto quer dizer para ela. Ela consegue ver a qualquer hora o mar rugindo e as montanhas se curvando diante do Senhor. Você pega um vislumbre que inspirou a canção, o amor verdadeiro e coração puro enfocado completamente em seu Senhor amado.

Desde que foi escrito em 1993, "Aclame ao Senhor" foi gravado em mais de 30 álbuns, só no Brasil para mais de 10 e traduzida para muitos idiomas. É a canção de adoração favorita de centenas de milhares de crentes em torno do mundo, é tocada em milhares de igrejas, convenções, concertos, casamento e até enterros. Foi indicado como "Canção do Ano" em 1998 pelo Dove Award ( Prêmio dado nos EUA para os maiores destaques da música cristã - uma espécie de Grammy).

Artigo tirado da Revista de Hillsong (Informativo da Igreja Hill CLC em Melbourne/Austrália.
Deus abençoeDarlene Zschech
www.hillsong.commusic@hillsong.com

Fontes:
http://www.vidanovamusic.com
www.goocrente.com

14.5.07

Quando os vizinhos reclamam!!!

Já aconteceu na sua igreja. Já aconteceu na minha. A perseguição aos adoradores verdadeiros aumenta. Enquanto os ímpios podem estourar os auto-falantes de seus carros, enquanto as boates atravessam noites de festas em bairros residenciais, os cristãos têm seus decibéis limitados após as 10 horas da noite. Até nas vigílias e reuniões de oração não podemos clamar tão alto. Somos ameaçados pela justiça de termos nossos templos lacrados. Não estou falando de minha igreja, estou falando da Igreja.

Quem disse que o Brasil é um país livre? Quem disse que no Brasil não há perseguição, não há preconceito? Aqui na minha cidade nunca ouvi falar que uma danceteria foi lacrada por causa do alto volume. Igrejas sim. Na verdade, acho que o Diabo pensa que está tendo vitória. Ele pensa que está ganhando dos adoradores.Pois é, ontem ele sofreu uma derrota violenta. Estávamos ministrando numa igreja da cidade, Edmilson, Geziel e eu. O Diabo tinha dado a ordem: “Vocês podem adorar até as 10 horas, após este horário estão proibidos!”.

Quando chegou a minha vez de conduzir o louvor faltava apenas 12 minutos para as 10 da noite. Eu pensei comigo: “Meu Deus, vamos ter que parar o culto as 10 em ponto!”. Deus disse do alto: “Não precisa parar a adoração, apenas diminuam o barulho e continuem me adorando!”. Pedi para os instrumentistas pararem. Pedi para o povo aplaudir e cantar baixinho, de forma que os vizinhos não ouvissem. Pela primeira vez ouvi um “zumbido de adoração”. Hehehe... não é moda não, mas é que parecia um zumbido mesmo. Um zumbido lindo.

Enquanto os vizinhos dormiam, nós adorávamos a Deus com volume baixo, mas nossos corações estavam com a mesma paixão e o mesma vontade de adorar. Era até engraçado ouvir o som de palmas bem baixinho. O mais engraçado devia estar a cara do capeta quando viu que o culto não iria terminar as 10.Irmãos precisamos ter sabedoria sim, mas não podemos parar de adorar.

E é o fato de sermos verdadeiros adoradores que mudará a história deste país. Então lembre-se: com barulho ou sem barulho, não pare de adorar!

26.4.07

EXPLOSÃO DE LOUVOR! COMO ALCANÇAR!!!

Certa vez li em algum lugar: “Os líderes devem saber escolher músicas que tocam o coração de Deus”.

Esta frase me marcou muito. Desde então tenho orado a Deus e pedido para que Ele me revele as canções que tocam seu coração, músicas que Ele deseja escutar em determinado momento. Tenho aconselhado os dirigentes de louvor a escolherem músicas que os levem a presença de Deus. Músicas que não percorrem atalhos, que não floreiam, mas que nos levam direto a presença Dele. É muito provável que uma música que me leve a presença de Deus, também levará a igreja a presença de Deus. Uma música que abençoa, provavelmente abençoará meu irmão, e todas as outras pessoas. Procure ministrar tais canções na igreja.

Chego a conclusão que mesmo no meio cristão há músicas e músicas. E realmente há. Uma música pode falar de Deus e não tocar o coração de Deus. Uma música pode falar de bênção, mas não ser uma bênção. Uma música pode falar da presença de Deus, mas não atraí-la.

Por esta razão, é necessário que os líderes tenham sensibilidade espiritual e não apenas musical, para identificar se uma canção vai abençoar a igreja e se atingirá o coração de Deus ou não. Não estou falando de músicas seculares ou músicas cristãs, estou falando apenas de músicas de cunho cristão. E convenhamos, nem todas são boas, agradáveis ou abençoadoras para a igreja.

Uma vez um pastor inglês profetizou em minha vida e falou que Deus me daria sensibilidade para “sentir a canção que estaria brotando no seio da igreja em determinados cultos, que eu saberia a música que a igreja estaria engatilhada para cantar e que Deus estivesse esperando ouvi-la naquele momento”. Resumindo, eu teria a sensibilidade e a felicidade de ministrar a canção que o povo estava espiritualmente explodindo para cantar e que Deus estaria esperando para ouvir. Confesso que na hora não entendi nada, pois estava acostumado a cantar aquilo que ensaiava e não aquilo que Deus desejasse que eu ministrasse.

Na época eu pensei: “acertar este tipo de música é como acertar na sena acumulada!”. É necessário acertar a música e o momento certo, para que o povo tenha um contato profundo de adoração com Deus. Na verdade, esta sensibilidade é exercitada e com o tempo você vai se conhecendo, conhecendo o coração de Deus e conhecendo o coração da igreja.

Também confesso que é preciso estar em contato íntimo com Deus para que alguém possa sentir a canção que nasce no meio do povo, para sentir a música que o Espírito Santo quer nos ajudar a entoar para o Pai. Mas fica aqui a dica: ore muito sobre isso e abra seus ouvidos espirituais!

Você já ministrou em algum culto onde as pessoas explodiram em louvor profundo? Atente bem para estes momentos. Atente bem para as músicas que foram ministradas. Atente bem para o seu estado com Deus naquela semana. Esteja atento para saber quando Deus vai ser mover.

Nossos cultos não precisam ter um número pré-determinado de canções. Se o líder tiver sensibilidade verá que em muitas ocasiões o mover vai parar sobre uma canção. Então não vá para a próxima canção, deixe o povo adorar naquela que o mover se estabeleceu. Estacione a banda e desfrute da presença de Deus. Neste momento adore espontaneamente, vá para o refrão, cante a músicas diversas vezes...

“Os líderes devem saber escolher músicas que tocam o coração de Deus”. Esta frase está fazendo cada vez mais sentido para mim. Há músicas e músicas. No último CD que gravamos (Fogo Ardente), há músicas e músicas. Sinto que Deus se move mais quando ministramos algumas. Outras são apenas letras, com boa melodia e boa harmonia. Quão difícil para mim é dizer isto de meu próprio CD. Mas Deus está quebrando paradigmas na igreja. E eu quero ser o primeiro da fila a ser ensinado, e exortado... hehehe...

Se eu quero presenciar momentos de explosão de louvor, as coisas devem ser assim... do jeito de Deus e não do meu!

14.4.07

Música Conquista - RAMON TESSMANN

14.3.07

Ministração de avivamento de Ramon Tessmann